PROJETO ARAUCÁRIA VIVA

Realizamos o plantio de mudas de Araucária (Araucaria angustifolia), uma espécie exclusiva da Floresta Ombrófila Mista (FOM), formação vegetal do bioma da Mata Atlântica que ocorre nos estado do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e em São Paulo, em menor proporção.

Essa vegetação foi amplamente desmatada devido à expansão da fronteira agrícola e sua madeira excessivamente explorada, devido à excelente qualidade. Atualmente, restam menos de 2% da cobertura original da FOM e a Araucária, fundamental para perpetuação da dinâmica dessa floresta, que está ameaçada de extinção.

A parceria entre Agroecologia em Movimento, Ambiente Livre e o Projeto Água Vida, idealizado por Mário Barila, fotógrafo e ambientalista, visa produzir as mudas e futuramente realizar o plantio de Araucárias por todo o bioma da Floresta Atlântica. A iniciativa foi proposta por Barila, que já realizou ações de reflorestamento em outros biomas do Brasil. 

A parceria entre Agroecologia em Movimento, Ambiente Livre e o Projeto Água Vida, idealizado por Mário Barila, fotógrafo e ambientalista, visa produzir as mudas e futuramente realizar o plantio de Araucárias por todo o bioma da Floresta Atlântica. A iniciativa foi proposta por Barila, que já realizou ações de reflorestamento em outros biomas do Brasil. 

PLANTIO DE ARAUCÁRIA

A Araucária cumpre uma função ecológica fundamental na dinâmica da floresta, e buscamos com a nosso projeto, conscientizar e sensibilizar os participantes da nossa correlação com o ambiente. Em uma oficina prática, mas com muita troca de conhecimento, os participantes são convidados a colocar as mãos na terra, preparar o berço que receberá a muda e plantar sua árvore. Sinergia e a função ecológica conhecimentos que buscamos entregar no Plantio de Araucárias.

COMPOSTROCA

Com o objetivo de atenuar o impacto do descarte indevido dos resíduos orgânicos, implantamos um projeto de compostagem comunitária na Fazenda Urbana de Curitiba, o Compostroca. 

Para sua implantação, sensibilizamos moradores do entorno do local para descartarem seus resíduos orgânicos em nosso centro de compostagem, em troca disponibilizamos cursos de capacitação na área ambiental.

A meta principal é sensibilizar a comunidade para o ciclo completo do alimento, possibilitando que os resíduos orgânicos domésticos (cascas de legumes, frutas, ovos, talos de verduras, saquinhos de chá, filtros de café, etc.), através do processo de compostagem, retornem ao solo servindo de fonte de nutrientes para o desenvolvimento vegetal, para dar continuidade ao ciclo produtivo.

Compostar é troca de amor com a Mãe Terra, é uma forma de agradecimento ao que ela generosamente nos proporciona: A VIDA!

Com o objetivo de atenuar o impacto do descarte indevido dos resíduos orgânicos, implantamos um projeto de compostagem comunitária na Fazenda Urbana de Curitiba, o Compostroca. 

Para sua implantação, sensibilizamos moradores do entorno do local para descartarem seus resíduos orgânicos em nosso centro de compostagem, em troca disponibilizamos cursos de capacitação na área ambiental.

A meta principal é sensibilizar a comunidade para o ciclo completo do alimento, possibilitando que os resíduos orgânicos domésticos (cascas de legumes, frutas, ovos, talos de verduras, saquinhos de chá, filtros de café, etc.), através do processo de compostagem, retornem ao solo servindo de fonte de nutrientes para o desenvolvimento vegetal, para dar continuidade ao ciclo produtivo.

Compostar é troca de amor com a Mãe Terra, é uma forma de agradecimento ao que ela generosamente nos proporciona: A VIDA!

CICLO SUSTENTÁVEL DO ALIMENTO

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Ter uma alimentação saudável vai muito além de comer ‘’bem’’. As técnicas de produção utilizadas no cultivo são o que tornam o alimento realmente saudável.

Consumir produtos orgânicos e agroecológicos respeitando a sazonalidade de cada espécie e adquirido de produtores locais são as fontes de uma alimentação saudável.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Ter uma alimentação saudável vai muito além de comer ‘’bem’’. As técnicas de produção utilizadas no cultivo são o que tornam o alimento realmente saudável.

Consumir produtos orgânicos e agroecológicos respeitando a sazonalidade de cada espécie e adquirido de produtores locais são as fontes de uma alimentação saudável.

COMPOSTAGEM

A compostagem é um método de reciclar os resíduos orgânicos, ou seja, transformar em adubo orgânico todos os restos vegetais gerados por nós.

Esse composto, rico em nutrientes, será utilizado na adubação de plantas cultivadas, de forma que a alimentação se torna um ciclo fechado e a energia contida nos resíduos não seja desperdiçada, indo para um aterro por exemplo, mas sim retornando para a natureza.

PROJETO G.A.T.A

Membros do Ambiente Livre em parceria com o Festival Terra Azul, realizam a Gestão Ambiental e ações educativas que acontecem no evento, falando sobre o descarte correto dos resíduos, a importância da coleta seletiva e o valor significativo da compostagem, através de oficinais e palestras relacionadas a assuntos ambientais.

Nossa equipe gerencia todos os resíduos sólidos gerados antes, durante e depois do festival, sempre buscando sensibilizar ainda mais o público sobre os cuidados que devemos ter com o ambiente em nossas práticas diárias para ter uma vida mais integrada e menos impactante.

A preocupação com o meio ambiente na realização dos festivais é de extrema importância para todos. Além de diminuir os possíveis impactos que nosso encontro pode causar, ainda transmite a mensagem de respeito e preservação da natureza.

DADOS DO PRGS ELABORADO NO FESTIVAL TERRA AZUL #7

Com a gestão de resíduos aplicada pela equipe do Ambiente Livre, o Festival Terra Azul #7, através do processo de compostagem reciclou aproximadamente 2 toneladas de resíduos orgânicos. Ou seja, 86% de todo o resíduo orgânico gerado foi incorporado ao processo de compostagem no próprio local do evento, sendo transformado em adubo orgânico de forma natural, fechando o Ciclo Sustentável do Alimento.

Quanto aos resíduos recicláveis, aproximadamente 95% do material gerado foi enviado diretamente à Cooperativa de Beneficiamento de materiais recicláveis. O óleo de cozinha foi todo armazenado separadamente e enviado à reciclagem, assim como as esponjas usadas nas cozinhas que foram transportadas pela equipe de gestão ambiental até um ponto de entrega voluntária do Programa de Reciclagem da Scotch Brite.

Produto adicionado a sua lista!